De acordo com os executivos, "a capacidade de causar impacto nos negócios" é o fator mais importante para a geração Y no trabalho. Essa geração é ambiciosa e não está disposta a esperar e acumular muitos anos de experiência para então progredir na carreira: 91% desejam uma rápida progressão.

O Workplace e o Canvas8 conversaram com Maddie Grant, autora de When Millennials Take Over: Preparing for the Ridiculously Optimistic Future of Business (Quando a geração Y assume o controle: preparando-se para o futuro ridiculamente otimista dos negócios), além de consultora de cultura e estrategista digital da Human Workplaces. O objetivo foi entender por que a geração Y quer causar impacto desde o primeiro dia de trabalho e o que isso significa para as empresas.

Por que a geração Y está ansiosa para alavancar a carreira?

Por que a geração Y está ansiosa para alavancar a carreira?

Um dos conceitos equivocados que existem sobre a geração Y é que eles são inconstantes e pulam de emprego em emprego. Isso não é especifico da geração, mas sim dos jovens.

"A geração Y tem uma visão global muito mais ampla do que é possível"

E como cresceram aprendendo tudo o que queriam pela internet, eles têm uma visão global muito mais ampla do que é possível. Desde iniciar um negócio próprio até criar um estilo exclusivo de trabalho.

E quando se trata da carreira, eles acham muito difícil esperar por uma progressão lenta. Quando uma estrutura organizacional não permite a rápida ascensão que eles buscam, é muito frustrante.

Não se trata de dinheiro, mas sim de ser ouvido. Eles querem causar impacto e ter a capacidade de desempenhar um papel no futuro da organização com a qual trabalham. A geração Y tende a ter uma visão muito mais global das possibilidades e soluções.

Se eles não tiverem chance de dar opinião sobre um assunto, eles se frustram, porque são realmente capazes de fornecer orientações.

Como os empregadores podem gerir a geração Y, que tem ambição, mas pouca experiência?

Como os empregadores podem gerir a geração Y, que tem ambição, mas pouca experiência?

Em minha pesquisa, identifiquei quatro capacidades que podem ajudar as organizações a ter sucesso fazendo exatamente isso: ser digital e demonstrar clareza, fluidez e rapidez.

"Uma área problemática para as empresas é encontrar a melhor forma de se comunicar com a geração Y"

Seja usando a tecnologia mais recente com a qual a mentalidade digital da geração Y se relaciona, sendo transparente sobre ideias e compartilhando informações com eles, criando uma estrutura organizacional ágil e fluida ou dando à essa geração acesso rápido a respostas. Todos esses ideais nascem da demanda que eles têm para gerar entusiasmo desde o primeiro dia de trabalho.

Uma área problemática para as empresas é a melhor forma de se comunicar com a geração Y. Há muitas respostas diferentes para isso, não importa de que geração você faça parte, pois o tema é muito subjetivo.

O segredo é ter a capacidade de trabalhar da maneira que eles desejam. Seja por meio de mensagens instantâneas individuais, ligação de vídeo, bate-papo em grupo ou por smartphone.

Como os esquemas de mentoria podem ajudar as empresas a gerir as expectativas de carreira da geração Y?

Como os esquemas de mentoria podem ajudar as empresas a gerir as expectativas de carreira da geração Y?

Já ouvi muita frustração sobre pessoas da geração Y que realmente querem encontrar um mentor, mas que consideram isso muito complicado. Existem muitas empresas adotando uma abordagem mais aberta de mentoria, com sessões de "aprendizado durante o almoço".

"Plataformas de comunicação aberta também podem ajudar com a mentoria ou compartilhamento de habilidades"

Mentoria em grupo ou compartilhamento de habilidades também funcionam bem. É a chance que todos na organização têm de indicar as habilidades que possuem e ensinar outras pessoas, ou se candidatarem a funções específicas dentro da empresa que reflitam um conjunto de habilidades exclusivo, em oposição à ascensão com base na experiência quantificável.

As plataformas de tecnologia e comunicação aberta também podem ajudar com a mentoria ou o compartilhamento de habilidades de diferentes maneiras. Isso permite que as pessoas troquem ideias, deem conselhos e aprendam diferentes tópicos.

Obviamente, isso não é suficiente. É necessário ter atenção cultural e cuidado específico por parte do empregador para que as empresas possam orientar seus funcionários com sucesso.

Como hierarquias mais horizontais podem ajudar as empresas a gerir as expectativas de carreira da geração Y?

Como hierarquias mais horizontais podem ajudar as empresas a gerir as expectativas de carreira da geração Y?

Sempre existe uma hierarquia natural dentro das empresas. Haverá pessoas em cargos mais elevados ou que estão na empresa há mais tempo.

"Uma abordagem de desenvolvimento baseada em habilidades, em vez de funções, é benéfica para todas as gerações"

Mas hoje essas hierarquias são muito mais fluidas. Alguém mais jovem ou mais novo na empresa pode realmente ter mais experiência em uma área específica e pode ser o líder de um projeto, comitê ou reunião.

Se a geração Y tiver a oportunidade de trazer seus próprios conhecimentos, terá mais visibilidade na organização. Isso significa que essas pessoas poderão progredir em suas carreiras muito mais rapidamente do que nas estruturas de gerenciamento tradicionais.

Essa abordagem de desenvolvimento baseada em habilidades, e não em funções, também é benéfica para todas as gerações porque oferece a chance de todos contribuírem, se tiverem know-how.

Considerando as ambições elevadas da geração Y, como será o futuro do local de trabalho?

Considerando as ambições elevadas da geração Y, como será o futuro do local de trabalho?

A gestão tradicional era mecânica, os sistemas eram estruturados de forma muito rígida e funcionavam bem durante a era industrial. Mas agora, a era digital tem tudo a ver com contribuições individuais para o ecossistema, ou seja, um local de trabalho movido a energia humana.

Se a geração Y e a geração Z tiverem a oportunidade de agregar seus conhecimentos e entusiasmo na empresa, poderão criar um local de trabalho com espaço para todos.

"A era digital tem tudo a ver com contribuições individuais para o ecossistema, ou seja, um local de trabalho movido a energia humana"

Isso é importante porque a geração Z está ainda mais consciente do próprio poder coletivo. São pessoas que entraram na vida adulta durante períodos turbulentos e, ainda mais que a geração Y, deseja ter voz ativa.

Isso significa que, no futuro, essas plataformas de comunicação aberta serão realmente fundamentais. Ter foco em tecnologia é uma ótima maneira de gerir a geração Y, pois ela pode conectá-los melhor ao trabalho da organização.

Vamos manter contato?

Receba as últimas novidades e insights da linha de frente do trabalho.

Ao enviar este formulário, você concorda em receber comunicações eletrônicas do Facebook relacionadas a marketing, incluindo notícias, eventos, atualizações e emails promocionais. Você poderá revogar a sua permissão e cancelar a assinatura desses emails a qualquer momento. Você também reconhece que leu e concorda com os Termos de Privacidade do Workplace.

Was this article helpful?
Thanks for your feedback

Publicações recentes

Comunicação corporativa | 10 minutos de leitura

Como integrar várias ferramentas de colaboração com o Workplace

Ao usar os grupos multiempresariais do Workplace, as equipes podem compartilhar projetos com equipes externas em um espaço seguro. Saiba como integrar suas ferramentas de colaboração usando o Workplace

Comunicação corporativa | 10 minutos de leitura

Quatro setores cujo local de trabalho pode ser beneficiado pela AR e VR

A AR e a VR estão prestes a mudar o futuro do trabalho. Analisamos o que elas significarão para o seu setor.

Comunicação corporativa | 10 minutos de leitura

Quatro maneiras eficazes de compartilhar atualizações de trabalho com os funcionários

As atualizações de trabalho são vitais, especialmente em grandes organizações ou se as pessoas trabalham remotamente. Veja como manter as pessoas informadas.