O que é trabalho flexível e como ele beneficia a empresa?

Dar às pessoas mais liberdade para trabalhar da maneira que desejam pode ser vantajoso para empresas e funcionários. Veja como o trabalho flexível pode ajudar você.

TRABALHO REMOTO | 8 MINUTOS DE LEITURA
Flexible Working
O que é flexibilidade no local de trabalho?

O que é flexibilidade no local de trabalho?

Flexibilidade no local de trabalho tem a ver com acordos de trabalho que dão aos funcionários maior controle sobre quando e onde trabalham. Pode incluir elementos como:

  • horários flexíveis

  • trabalho em casa

  • compartilhamento de trabalho

  • semanas de trabalho condensadas (trabalhar nove dias a cada duas semanas, por exemplo)

  • trabalho em meio período

A ideia é criar um ambiente de trabalho que ajude as pessoas a equilibrar trabalho e vida pessoal, além de aumentar a produtividade e a satisfação no trabalho. Pode ser vantajoso para todos: ao oferecer flexibilidade de trabalho, os empregadores podem atrair e reter uma mão de obra mais diversificada e qualificada. E os funcionários desfrutam de um melhor equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal.

Desde a pandemia de COVID-19, cada vez mais empresas introduziram diferentes modalidades de flexibilização no local de trabalho. Até mesmo grandes corporações adotaram políticas de trabalho remoto e flexível. Isso não acontece sem motivo.

De acordo com uma pesquisa da Gallup, aproximadamente oito em cada dez funcionários trabalham de maneira híbrida ou remota. Já um estudo da AT&T prevê que o modelo de trabalho híbrido crescerá de 42% em 2021 para 81% em 2024. Com a tendência de flexibilidade no trabalho crescendo nos próximos anos, as empresas estão cada vez mais ansiosas para entender os benefícios dessa modalidade e querem encontrar a solução flexível certa para elas.

Vamos conversar sobre o futuro do trabalho

Queremos fornecer respostas a algumas das perguntas mais cruciais sobre o trabalho no metaverso. Clique abaixo e confira.

Trabalho flexível vs. trabalho híbrido

Trabalho flexível vs. trabalho híbrido

O trabalho flexível e o trabalho híbrido são meios comuns que os funcionários pode usar para alcançar um melhor equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal. No entanto, são elementos diferentes em termos de foco e escopo.

O trabalho flexível abrange uma gama de acordos trabalhistas criados para dar aos funcionários maior controle sobre quando, onde e como trabalham. Isso pode incluir horários flexíveis, trabalho em meio período, compartilhamento de trabalho, horários de trabalho alternativos e folgas ilimitadas. A principal característica do trabalho flexível é que ele dá aos funcionários a liberdade de trabalhar de uma maneira que atenda às necessidades e preferências individuais, sem prejudicar a eficiência.

O trabalho híbrido, por outro lado, é uma combinação de trabalho em casa e presencial. Em um acordo de trabalho híbrido, os funcionários podem escolher onde trabalhar em determinado dia, dependendo dos próprios horários e preferências. A ideia é oferecer o melhor dos dois mundos: a capacidade de trabalhar em casa quando as pessoas precisam e o acesso aos recursos e às oportunidades de colaboração de um ambiente de trabalho.

Embora tanto o trabalho flexível quanto o híbrido ofereçam aos funcionários mais controle sobre os horários, o regime flexível é muito mais abrangente. Então, qual escolher? Em última análise, depende das necessidades e preferências específicas das empresas e dos funcionários.

Horários flexíveis: prós e contras

Horários flexíveis: prós e contras

Compreender as vantagens e desvantagens dos horários flexíveis pode ajudar a decidir se essa modalidade é adequada para você e para sua empresa.

Vantagens do trabalho flexível

Os benefícios da flexibilidade no local de trabalho podem ser sentidos tanto por empregados quanto por empregadores, por exemplo:

  • Atração de candidatos: muitos trabalhadores estão procurando melhor equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional, além da oportunidade de trabalhar de uma forma que atenda às necessidades individuais e aos compromissos domésticos ou familiares. Oferecer acordos de trabalho flexíveis, como horários flexíveis, trabalho remoto ou compartilhamento de trabalho, pode tornar o cargo mais atraente para os candidatos. Na verdade, uma pesquisa da Remote constatou que 77% dos funcionários desejam um emprego com horários flexíveis.

  • Ampliação do banco de talentos: os empregadores que oferecem trabalho flexível podem atrair uma variedade mais ampla de candidatos. Isso pode incluir pessoas que não podem trabalhar no horário tradicional, como pais, mães ou responsáveis que precisam trabalhar, pessoas com deficiência ou pessoas que vivem em áreas remotas.

  • Bem-estar do funcionário: vários estudos mostram que a flexibilidade no trabalho pode ajudar a reduzir o estresse e melhorar o bem-estar geral dos funcionários. Os trabalhadores podem gerir melhor o trabalho e a vida pessoal. Eles também podem reduzir os custos com o deslocamento, diminuindo os casos de burnout e melhorando a qualidade de vida.

  • Melhora do engajamento dos funcionários: funcionários que sentem que o empregador apoia o equilíbrio e o bem-estar entre a vida pessoal e a profissional têm maior probabilidade de se engajar e se comprometer com o emprego. De acordo com uma pesquisa da FlexJobs, 82% dos funcionários dizem que seriam mais leais ao empregador se tivessem a opção de um horário de trabalho flexível. E 65% disseram que ter flexibilidade no trabalho aumentaria a satisfação geral com o emprego.

  • Aumento da motivação: a pesquisa mostra que a flexibilidade no trabalho pode aumentar a motivação dos funcionários, especialmente para os trabalhadores que sentem que têm controle sobre seus horários e ambiente de trabalho. Isso pode gerar um aumento na produtividade e melhor desempenho no trabalho.

  • Retenção da equipe: oferecer acordos de trabalho flexíveis pode ajudar a melhorar a retenção dos funcionários, aumentando a satisfação das pessoas e criando um ambiente de trabalho mais favorável e acolhedor que atenda às respectivas necessidades.

  • Permitir que os funcionários trabalhem quando são mais produtivos: horários de trabalho alternativos permitem que os funcionários trabalhem quando estão mais alertas, o que pode melhorar o desempenho no trabalho e gerar mais produtividade. O International Workplace Group constatou que 85% das empresas relataram um aumento na produtividade como resultado da implementação de políticas de trabalho flexíveis.

Desvantagens do trabalho flexível

Embora a flexibilidade no trabalho ofereça inúmeros benefícios, ela também tem suas desvantagens. Algumas delas incluem:

  • Percepção de injustiça: nem todos os funcionários poderão ter um horário de trabalho flexível. Os trabalhadores da linha de frente, por exemplo, talvez precisem estar fisicamente no local de trabalho, enquanto outros funcionários trabalham remotamente. Isso pode gerar ressentimento.

  • Limites pouco definidos entre trabalho e casa: a flexibilidade no local de trabalho pode dificultar a separação entre trabalho e vida pessoal, gerando uma mentalidade de "conexão constante" que pode afetar negativamente a saúde mental. Sem limites claros entre trabalho e vida pessoal, os funcionários podem sofrer burnout, estresse e redução da satisfação com o emprego.

  • Falta de estrutura: funcionários em horários de trabalho alternativos talvez precisem de maior autodisciplina e automotivação para administrar o tempo e cumprir as tarefas.

  • Maior carga administrativa: implementar e gerenciar acordos de trabalho flexíveis pode significar um aumento na carga administrativa para gerentes e RH. Isso pode incluir a criação de políticas, procedimentos e escala de horários, o gerenciamento de solicitações de flexibilidade de trabalho, bem como garantir que as pessoas cumpram o trabalho nos momentos de flexibilidade.

  • Impacto negativo na cultura do local de trabalho: acordos de trabalho flexíveis podem reduzir o tempo que as equipes passam frente a frente. Se isso for mal gerenciado, pode haver um impacto negativo na cultura do local de trabalho. Trabalhadores remotos, por exemplo, podem se sentir distantes dos colegas e falta das interações sociais. Isso pode gerar uma redução da motivação, do engajamento e da satisfação no emprego.

Implementação de um horário de trabalho flexível

Implementação de um horário de trabalho flexível

A introdução da flexibilidade no trabalho pode ser uma grande mudança. Confira algumas dicas para fazer isso com sucesso.

  • Tenha uma política clara: uma política que define quem, quando, onde e como é possível trabalhar com flexibilidade ajuda a estabelecer expectativas e esclarecer os direitos e as responsabilidades de funcionários e gerentes. A política deve abranger questões como critérios de qualificação, tipos de flexibilidade disponíveis no trabalho, requisitos de comunicação e expectativas de desempenho.

  • Invista na tecnologia certa: talvez seja necessário investir em novas tecnologias para fazer o trabalho flexível funcionar. Pense em videoconferência, sistemas de gerenciamento de documentos baseados na nuvem e ferramentas de colaboração. Sua empresa deve ter a tecnologia certa de suporte antes de implementar alguma modalidade de trabalho flexível.

  • Mantenha um registro de horas: horários de trabalho flexíveis podem confundir os limites entre a vida profissional e a pessoal, dificultando o controle de quanto alguém trabalhou. Algumas empresas resolvem o problema acompanhando as horas trabalhadas com um software de controle de ponto. Isso pode garantir que sua organização esteja em conformidade com as leis trabalhistas, além de ajudar a evitar casos de burnout.

  • Mensure o desempenho do funcionário: você precisa saber se os seus acordos de trabalho flexível estão funcionando. Mensurar o desempenho pode ajudar a avaliar a eficácia do trabalho flexível e a identificar áreas de melhoria. Defina metas e expectativas de desempenho claras para os funcionários, bem como formas de acompanhar e avaliar o desempenho deles.

  • Comunique-se com eficiência: comunicação é fundamental para ter sucesso com o trabalho flexível. Funcionários e gerentes devem ter canais claros de comunicação e estar à vontade para usá-los. Incentive reuniões de acompanhamento regulares com comunicação aberta, transparente e respeitosa.

Ao estabelecer os fundamentos corretos e monitorar cuidadosamente o progresso, você pode ter sucesso na flexibilização do local de trabalho, colhendo os benefícios de uma mão e obra mais engajada e produtiva.

Continue lendo:

Tópicos relacionados

Faça uma viagem pelo escritório infinito

Vamos manter contato?

Receba as últimas novidades e insights da linha de frente do trabalho.

Ao enviar este formulário, você concorda em receber comunicações eletrônicas do Facebook relacionadas a marketing, incluindo notícias, eventos, atualizações e emails promocionais. Você poderá revogar a sua permissão e cancelar a assinatura desses emails a qualquer momento. Você também reconhece que leu e concorda com os Termos de Privacidade do Workplace.

Was this article helpful?
Thanks for your feedback

Tópicos relacionados

Faça uma viagem pelo escritório infinito


Publicações recentes

O futuro do trabalho | 11 minutos de leitura

O futuro do trabalho

Como é o trabalho no metaverso? O modelo híbrido veio para ficar? Embora não seja possível saber ao certo o que o amanhã reserva, você pode preparar sua organização para o futuro.

O futuro do trabalho | 12 minutos de leitura

Trabalho híbrido: a nova forma de trabalhar

Quer que os seus funcionários retornem ao escritório ou eles podem continuar trabalhando em casa? Que tal um pouco de cada? O trabalho híbrido pode ser o caminho certo para a sua organização.

O futuro do trabalho | 6 minutos de leitura

Como trabalharemos no metaverso?

Da colaboração em equipe à cultura da empresa, confira cinco maneiras como o metaverso e a realidade virtual transformarão o futuro do trabalho e dos negócios.